| Análises clínicas

A Clínica da Charneca disponibiliza nas suas instalações um serviço de análises clínicas, tendo estabelecido um parceria com o centro de medicina laboratorial germano de sousa. Estão disponíveis análises de rotina e diferenciadas, atendendo aos mais rigorosos critérios de qualidade dos resultados e de eficiência na sua entrega.

A medicina laboratorial ou patologia clínica é uma especialidade médica que pelas disciplinas próprias, é hoje uma especialidade fulcral, que contribui constantemente para o despiste, diagnóstico, prognóstico ou monitorização da terapêutica em todas as doenças. 

A Clínica da Charneca disponibiliza análises nas seguintes valências clínicas:

| Horário

Segunda a Sexta:     

7h30-12:30 / 14:00-17:00

 

Sábado:                  

8h00-13h00

| Preparações

Deverá aconselhar-se com o seu médico sobre a preparação necessária para a realização das análises.

Caso necessite de qualquer esclarecimento, poderá contactar os nossos serviços através dos números de telefone:

+351 212 961 522 

+351 961 43 43 43.

| Perguntas frequentes

É fácil e rápido, basta preencher o nosso formulário neste link e entraremos em contato consigo para confirmar e relembrar de alguns procedimentos.

Alguns, sim. Os antibióticos e os anti-inflamatórios, por exemplo, podem interferir nos testes de coagulação do sangue, normalmente solicitados em pré-operatórios.
Quaisquer que sejam os medicamentos que esteja a tomar, avise a técnica de colheita antes do exame. Caso um deles interfira, consulte o seu médico sobre a possibilidade de suspender a medicação por alguns dias. Se a interrupção não for possível, esse dado terá que ser levado em conta na avaliação do resultado.

Sim. Alguns exames, aliás, são solicitados exactamente porque a pessoa está com febre. A intenção é verificar se existe alguma infecção.
Em alguns casos, a doença responsável pela febre pode interferir nos exames destinados a avaliar aspectos metabólicos e imunológicos. Por cautela, consulte o seu médico ou laboratório antes de realização do exame.

Depende do tipo de exame. Para o estudo microbiológico (cultural), deve ser colhida a primeira urina da manhã por ser mais concentrada. Esta colheita carece de um procedimento específico para manter a integridade da amostra. Contacte um dos postos de colheita, para que lhe seja dada a instrução para uma colheita correta.

Nem todos. O hemograma simples, por exemplo, dispensa o jejum. Já a glicémia e triglicéridos exigem que fique várias horas sem comer. O tempo de jejum varia de acordo com o exame.

Nem todos. Desde que obedeça ao tempo estipulado de jejum, alguns podem ser colhidos inclusive à tarde.

Alguns não. É o caso dos doseamentos de cortisol, ferro e ACTH (adrenocorticotrofina). Estes exames devem ser realizados obrigatoriamente na parte da manhã. Motivo: é nessa parte do dia que tais substâncias têm um pico no organismo, devido ao seu ritmo circadiano.

Faça já a sua marcação

Estaremos ao seu inteiro dispor para lhe esclarecer todas as suas dúvidas

TESTE PCR
O método utilizado para a deteção do vírus é o PCR (Polymerase Chain Reaction), pela elevada sensibilidade e especificidade na identificação simultânea de vários genes do vírus. O Grupo Germano de Sousa realiza testes na Clínica da Charneca em coordenação com as autoridades de saúde, de modo a ajudar no rastreio da população. Todas as amostras são posteriormente transportadas para o laboratório de Patologia molecular do Grupo Germano de Sousa para deteção do SARS-Cov-2 o mais rapidamente possível.
A QUEM SE DESTINA
Todas as pessoas com sintomas de doença Covid-19 e/ou que contactaram com casos confirmados de Covid-19.
RESULTADOS
Os resultados serão enviados para o seu e-mail e para o seu telemóvel através de um SMS. Em simultâneo, serão enviados para a DGS através da plataforma SINAVELab.
Overlay Image
TESTE PCR
O método utilizado para a deteção do vírus é o PCR (Polymerase Chain Reaction), pela elevada sensibilidade e especificidade na identificação simultânea de vários genes do vírus. O Grupo Germano de Sousa realiza testes na Clínica da Charneca em coordenação com as autoridades de saúde, de modo a ajudar no rastreio da população. Todas as amostras são posteriormente transportadas para o laboratório de Patologia molecular do Grupo Germano de Sousa para deteção do SARS-Cov-2 o mais rapidamente possível.
A QUEM SE DESTINA
Todas as pessoas com sintomas de doença Covid-19 e/ou que contactaram com casos confirmados de Covid-19.
RESULTADOS
Os resultados serão enviados para o seu e-mail e para o seu telemóvel através de um SMS. Em simultâneo, serão enviados para a DGS através da plataforma SINAVELab.
Overlay Image
TESTE ANTIGÉNIO
Os testes de pesquisa de antigénio, desenvolvidos para o diagnóstico do SARS-CoV-2, são testes que detetam proteínas específicas do vírus SARS-CoV-2 produzidas pelo vírus replicante no trato respiratório. A colheita é realizada através da introdução de uma zaragatoa estéril (cotonete comprido) no nariz do doente mediante um procedimento específico. A este material biológico chamamos exsudado nasofaríngeo. Em Portugal são aceites os testes rápidos de Antigénio (TRAg) que apresentam os padrões de desempenho com valores de sensibilidade superior ou igual a 90% e de especificidade igual ou superior a 97%. O TRAg realizado nos laboratórios do Grupo Germano de Sousa utiliza a tecnologia de imunocromatografia, com 96,7% de sensibilidade e 99,2% de especificidade.
A QUEM SE DESTINA
Devem preferencialmente ser utilizados nos primeiros 5 dias (inclusive) de doença de modo a diminuir a probabilidade de obtenção de resultados falsos negativos. Se a amostra não tiver sido colhida nos primeiros 5 dias (inclusive) de sintomas, é muito provável que o antigénio do vírus não seja detetado. Um resultado "Não Detectável" deverá ser confirmado por TAAN por RT-PCR. Os testes de pesquisa de antigénio (TRAg) têm menor sensibilidade que a metodologia de referência – Teste Molecular de amplificação de ácidos nucleicos TAAN) por RT-PCR.
RESULTADOS
Os resultados serão enviados para o seu e-mail e para o seu telemóvel através de um SMS.
Overlay Image
A QUEM SE DESTINA
RESULTADOS
TESTE ANTIGÉNIO
Os testes de pesquisa de antigénio, desenvolvidos para o diagnóstico do SARS-CoV-2, são testes que detetam proteínas específicas do vírus SARS-CoV-2 produzidas pelo vírus replicante no trato respiratório. A colheita é realizada através da introdução de uma zaragatoa estéril (cotonete comprido) no nariz do doente mediante um procedimento específico. A este material biológico chamamos exsudado nasofaríngeo.
Devem preferencialmente ser utilizados nos primeiros 5 dias (inclusive) de doença de modo a diminuir a probabilidade de obtenção de resultados falsos negativos. Os testes de pesquisa de antigénio (TRAg) têm menor sensibilidade que a metodologia de referência – Teste Molecular de amplificação de ácidos nucleicos TAAN) por RT-PCR.
Os resultados serão enviados para o seu e-mail e para o seu telemóvel através de um SMS.
Overlay Image